Gel Mãos Limpas Verbena 280ml

Descubra o seu aroma provençal preferido, a Verbena, neste frasco de 280ml de gel de limpeza das mãos para ter na sua casa ou no seu escritório!
Selecionar Produto
Quantidade
15,00 €
(54 € / l)
  • Informação de Envio
  • Partilhe o seu produto preferido
  • Referência: 15GM280VB20
DESCRIÇÃO
O cuidado indispensável da higiene das mãos para trazer sempre consigo!

Com 69,4% de álcool, este Gel Mãos Limpas com o suave aroma da Verbena limpa as suas mãos sem água nem sabão. Quando não é possível lavar as mãos, a utilização de um gel de limpeza é uma solução eficaz para garantir uma boa higiene das mãos.

Para utilizar sem enxaguar, o Gel Mãos Limpas de Verbena permite-lhe manter as mãos limpas e macias, perfumando-as com um leve aroma de Verbena da Provença.

A sua embalagem de 280ml é o formato ideal para ter o seu gel mãos limpas no escritório ou em casa e tê-lo disponível para usar sempre que precisar!

Uma pequena dica: combine o uso deste gel de limpeza de mãos com um dos nossos icónicos cremes de mãos. No formato de 30ml, o creme pode ser facilmente transportado para qualquer lado e é perfeito para hidratar as suas mãos depois da limpeza.
Umas mãos suaves garantidas!
DICAS
Para utilizar nas mãos secas.

Colocar uma noz generosa na palma das mãos.

Espalhar em toda a superfície das mãos até aos pulsos e friccionar o produto até a pele secar.
VERBENA
De todas as plantas aromáticas que existem ao longo dos caminhos da Provença, há uma cuja frescura cítrica desperta o corpo e o espírito: a verbena. Quando os cestos de enchem de folhas verdes acabadas de colher, o seu perfume estonteante enche os mercados provençais. Descubra a nossa coleção de perfumes e os nossos cuidados para o corpo e para o banho. Verbena
INGREDIENTES
​INGREDIENTES : ALCOHOL - AQUA/WATER - GLYCERIN - ACRYLATES COPOLYMER - PEG-40 HYDROGENATED CASTOR OIL - SODIUM HYDROXIDE - DENATONIUM BENZOATE - PARFUM/FRAGRANCE - LIMONENE - CITRAL - GERANIOL - HEXYL CINNAMAL - CITRONELLOL - BENZYL BENZOATE - LINALOOL - BENZYL ALCOHOL.

Os seus comentários