Três criações da moda made in Provence

Paris não é a única cidade a reinvindicar exclusividade à moda francesa. Bem localizada entre as capitais da moda, onde as próximas tendências são expostas durante a Fashion Week, Marselha é responsável por itens indispensáveis que nasceram sob o sol do mediterrâneo.
Por Mélissa Darré

Jeans

Prático, o famoso « blue jeans » abandonou rapidamente de suas origens: antes indissociável de sua condição proletária, transformou-se em uma das peças principais da moda unisex dos anos 70. A metamorfose aconteceu principalmente em Marselha, ganhando destaque através de grifes como Rica Lewis, em 1928, seguida pela Jézéquel, Mc Keen, Blue Spencer e Aviatic.

Desde então, a capital incontestável do jean francês passou por renovações, graças a marcas contemporâneas. Dentre elas a Kaporal, que se destaca com o jeans marselhês, com seus modelos criativos e espírito vintage. « Não procuramos ser o criador de tendência antes da tendência, mas sim motivar o que está em voga no momento », afirma o fundador da marca, Laurent Emsellem.

Jeans
© iStock - Klaikungwon

Camiseta regata

Nascida a partir da ideia de um funcionário que procurava mais comodidade e decidiu retirar as mangas da sua camisa, a célebre regata tornou-se conhecida pelo seu compromisso com o conforto, e também graças a Marlon Brando no filme « Um bonde chamado desejo ». Esquecida por um tempo, voltou com força nos anos 90, fabricada, entre outras, pela Manufacture Saint-Théodore, líder de mercado gerida pelas mãos da família marselhesa Alpournarian.

Interpretada de diferentes formas, desde marcas conhecidas a estilistas promissores, a regata é um clássico atemporal. A American Vintage, mais do que qualquer outra, fabrica a peça básica tanto para homens quanto para mulheres, em materiais nobres e cores sutis. Sua simplicidade renovadora fez o sucesso da marca de Michaël Azoulay, que tornou-se um dos preferidos do prêt-à-porter francês.

Camiseta regata
© iStock - SanneBerg

Colar de pérolas

Objeto que assegurava valor para os republicanos no século XIX, o colar de pérolas em ouro era composto por uma fina fita na qual eram costuradas as joias. Rapidamente adotado pela burguesia marselhesa, tornou-se uma peça muito presente: cada evento marcante na vida de uma pessoa era o momento de se oferecer um novo colar, até a confecção de um definitivo.

Combinando savoir-faire a um toque contemporâneo, a grife Gas Bijoux cria joias inspiradas nas histórias da região e em inspirações encontradas durante as viagens do criador André Gas e sua filha Marie. São peças desenvolvidas em coleções, para o grande prazer dos amantes dessa marca de família, que nasceu nas praias de Saint-Tropez.

Colar de pérolas
© iStock - Ejla

Últimos artigos

Cinco dicas para prolongar o bronzeado

Cinco dicas para prolongar o bronzeado

Quando voltamos das férias, trazemos conosco tudo o que conquistamos durante o verão, inclusive uma pele dourada com o brilho do sol. A L’Occitane en Provence indica alguns hábitos de beleza que nos ajudam a continuar a brilhar com o passar das estações.
Cinco dicas de beleza para um primeiro encontro perfeito

Cinco dicas de beleza para um primeiro encontro perfeito

Uma combinação de ansiedade e estresse, um encontro é o momento certo para causar uma boa impressão. Para estar bonita e ao mesmo tempo com aspecto natural, a L’Occitane en Provence dá dicas para acertar na hora de se arrumar.
Os terraços da Provence  com as vistas mais incríveis que você já viu

Os terraços da Provence com as vistas mais incríveis que você já viu

Perfeitas para experiências marcantes durante verão, as vistas de rooftops a céu aberto são lugares perfeitos para relaxar a qualquer hora do dia. A L’Occitane en Provence conta quais são os melhores lugares para aproveitar as férias com uma vista panorâmica de tirar o fôlego.